domingo, agosto 27, 2006

Fiat Uno

Ora andando eu nas minhas algarviadas e tendo muito tempo livre deu-me pra parvoice e começou-me a palpitar qualquer coisa na mente... Foi então que surgiu qualquer coisa diferente do que eu costumo escrever. Uma musica sobre o grande, o inigualável e mítico Fiat Uno, saiu assim...

Fiat Uno

Neste ninho de amor
de cadeiras reclinadas
Vejo o mundo exterior
À distancia de dedadas

No vidro embaciado
Condensamos a loucura
Percorremos todos os pecados
Nesta viatura

Sou mais!
No Fiat Uno os pedais
São teclas de piano
em louca melodia
Chamar-te Jane numa liana!
A tua boca prometia,
Amor e uma cabana!
Amor e uma cabana!

Beijos com um travo a mel
E os melhore sabores da vida
És a minha Israel
A minha terra prometida

Crio um paraíso no mundo
Em quaisquer banais vielas
Vou fazer do Fiat Uno
Um hotel de 5 estrelas

Sou mais!
No Fiat Uno os pedais
São teclas de piano,
em louca melodia.
Chamar-te Jane numa liana.
E a tua boca prometia,
Amor e uma cabana!
Amor e uma cabana!

Reflectido no teu corpo
Vejo a noite e a claridade
Vou esperando neste Porto
Pra embarcar na eternidade!

Sou mais!
No fiat uno os pedais
São teclas de piano
em louca melodia.
Chamar-te Jane numa liana.
A tua boca prometia
Amor e uma cabana!
Amor e uma cabana!

Quanto à musica imaginem assim uma coisa tipo Elvis, aliás ele ofereceu-se para cantar mas eu fiz-lhe ver que o facto de estar morto ia dificultar as coisas em termos de marketing...

3 comentários:

Nandita disse...

lembra-me de nunca aceitar uma boleia tua, se estiveres num fiat uno. sabe deus o que andasta la a fazer... ;)

Nandita disse...

promessas, pahhhhh :P

(if u know what i mean...)

Nezz disse...

Vai Ghost!
Vai Ghost!
Vai Ghost!