segunda-feira, dezembro 31, 2007

Foi-se...

Foram-se os dias…
Foi-se a vontade.
Foi-se a alma embriagada,
Por ânsias de liberdade.
E no fim de contas,
Não sobra nada…
Nem um simples afecto
Nem um pobre sentimento.
Que ultrapasse o intelecto,
Lamento…

Isto estava escrito a uns tempos... Decidi-me a da-lo a luz :p

"De modo que a vida é um circo de feras" (um pedacinho de letra dedicado a alguém) :)

1 comentário:

Silent Raven disse...

"She walks in the moonlit snow... She's winterhearted, so you say... but you don't see... She's a dancer in the glass that's broken like her past..."

Lembrei-me de que gostaste da música. :) E não tenho palavras para te dizer sobre o texto, por isso...

Stay safe...