segunda-feira, abril 02, 2007

Ser maior

Foi por ser grande,
Ou por ser maior que eu
Foi por ser pássaro
Ou por saber merecer o céu
Foi por ser laço
Ou por dar nós no destino
Por ser coragem
Ou por ter perdido o tino.
Só sei que fui,
Que deixei de prestar vassalagem
Aos que me gritam sem ter amado
Aos que sentem sem ser do peito,
E me impingem este fado…

9 comentários:

Anónimo disse...

Vai para casa!!!!!

Ghost disse...

Eu tendo a estar na minha residencia qd posto... Mas obrigado plo comment na mma ;)

(ja tinha uma certa saudade de anonimos a comentar isto) :p

Nandita disse...

loool oh meu deus, que novela... quando te começarem a ameaçar de morte é que é mais chato ;)

Bom ver-te livre :) Beijo

_Lau_ disse...

lindo lindooo!! gostei =D

beijinho gd*

Ghost disse...

Nandita: Already dead remember?? Ghost e tal... :p Beijo

Lau: Obrigado!! Fico feliz por gostares =) *********

Klatuu o embuçado disse...

... às vezes fardo... às vezes fato...

Anónimo disse...

Deves pensar que sabes escrever ou crg, nao? Aposto k és 1 cromito k usa os poemas para se refugiar do quotidiano!!

Ghost disse...

N apostes que perdes... Não tenho porque me refugiar do quotidiano, que até tem sido bastante simpático comigo ultimamente =)Quanto a eu saber escrever ou não, estás aqui a ler não estás? Pois... Está tudo dito.

impressaodigital disse...

:)
~bonito... já tem acontecido