domingo, novembro 26, 2006

São duas da manhã em Vila Real. É incrível como as horas, os minutos e os segundos se envolvem num novelo à mercê dos caprichos de qualquer gato mais entediado... É em momentos assim que me sinto preso entre dimensões, sem mapa, nem bússola que me soprem ao ouvido os segredos que o coração guarda... Raio de músculo! O que lhe sobra em intenção, falta-lhe em coragem. E de boas intenções...

Faz frio, muito frio. Sim, lá fora tamém.

7 comentários:

Nandita disse...

...são momentos bons para te deixares levar por esse novelo fora ;)...
...e antes essa prisão do que o meu tédio. Hoje sinto-me incapaz... que também não é coisa agradavel :(
Mas tudo passa ;)
Um beijo

Trigas disse...

Eu só keria aki dzr k tou farto d ver comentários da Fernada neste blog!! Oh Ghost vamos lá a restringir isto a pessoa k ñ sejam maldosas! Tem k s elevar os padrôezinhos!!;P. Mts parabéns pla escrita e abraços pra ti e bjs prá caloirinha Nandita ;) LOL!

Nandita disse...

morre, verme inho desprezivel loooool

Ghost disse...

Vams lá a ter juizo, n vá eu ter que me chatear...

Anónimo disse...

Nunca devemos mandar embora os mais fieis clientes do blog...digo eu...

abraços

Ghost disse...

Quem comenta aqui geralmente são Amigos, eu não mando embora amigos, porque como estes, nunca são demais.

g4j0 disse...

nem k eu só venha pra falar mal da mafalda veiga? x)